BLOGGER TEMPLATES - TWITTER BACKGROUNDS »

03/07/09

Rubrica - diário de uma mulher casada -


Os meus amigos costumam dizer-me que tenho uma visão muito caricata da vida.
Pois, não será bem assim.
Declaro aqui aberta a GUERRA DOS SEXOS!

Ela chega a casa cansada no dia anterior, a altas horas da noite, tem uma insónia e acaba por adormecer de manhã. Ele adormece com ela. Ela quer mimos. Ele quer ver o Esquadrão classe A. Ela adormece e quando acorda tem o almoço na cama : batatas e febras escorrendo óleo. Ela agradece, fica comovida. Ele come com ela. Eles continuam na cama e ela está triste, acordou assim. Ele continua a ver o esquadrão classe A. Ela quer estar isolada , ela precisa desesperadamente de um cigarro. Ele precisa desesperadamente de ver o esquadrão classe A. Ela pede-lhe muito, ele chateia-se mais por ir. Ele chega, eles discutem, ele sai. Ele vem e ela despe-se, quer fazer as pazes. Ele quer fazer as pazes com o dvd e ver o esquadrão classe A. Ele ver o esquadrão classe A. Ela chora, ele não liga. Ela tapa-se, veste-se, joga no computador. Ele ve o esquadrão classe A. Ela vai fazer o jantar. Ele desaparece. Passam-se horas e ele não chega. Não avisa que não vem jantar.
Ele chega exige desculpas, não desculpar-se.
É a lua de mel deles.
É ela preocupada porque se casou com um anormal.

Pergunta:
O esquadrão classe A vem incorporado com boneca insuflavel?!?!?!?

6 opinioes relvoltadas:

Otário disse...

esquadrão A?
grrrrrrrrrrrrr
mudo de canal...

hoje é wrestling
e gajas boas!

ehhehehe

gostei do texto!

izzie disse...

Óh pah!
Que é que me fazes se te disser que tenho saudades tuas???

;)

Beijão

Anónimo disse...

oi rapariga de portugal! eu sou uma brasileira, e gostaria que você lesse uns comentarios que eu fiz na postagem (super antiga)"feijão com arroz"... lá tem umas coisinhas para você...

Anónimo disse...

Ouviram do Ipiranga as margens plácidas
De um povo heróico o brado retumbante,
E o sol da Liberdade, em raios fúlgidos,
Brilhou no céu da Pátria nesse instante.

Se o penhor dessa igualdade
Conseguimos conquistar com braço forte,
Em teu seio, ó Liberdade,
Desafia o nosso peito a própria morte!

Ó Pátria amada,
Idolatrada,
Salve! Salve!

Brasil, um sonho intenso, um raio vívido
De amor e de esperança à terra desce,
Se em teu formoso céu risonho e límpido
À imagem do Cruzeiro resplandece.
Gigante pela própria natureza,
És belo, és forte, impávido colosso,
E o teu futuro espelha essa grandeza.

Terra adorada
Entre outras mil,
És tu, Brasil,
Ó Pátria amada!
Dos filhos deste solo és mãe gentil
Pátria amada,
Brasil !
Deitado eternamente em berço esplêndido,
Ao som do mar e à luz do céu profundo,
Fulguras, ó Brasil, florão da América,
Iluminado ao sol do Novo Mundo!

Do que a terra mais garrida
Teus risonhos lindos campos têm mais flores;
"Nossos bosques têm mais vida",
"Nossa vida" no teu seio "mais amores".
Ó Pátria amada,
Idolatrada
Salve! Salve!

Brasil, de amor eterno seja símbolo
O lábaro que ostentas estrelado
E diga o verde-louro desta flâmula
Paz no futuro e glória no passado.
Mas, se ergues da justiça a clava forte,
Verás que um filho teu não foge à luta,
Nem teme, quem te adora, a própria morte.

Terra adorada
Entre outras mil,
És tu, Brasil,
Ó Pátria amada!
Dos filhos deste solo és mãe gentil
Pátria amada,
Brasil !

OT disse...

saudações otárias!

Tita disse...

Eu adoro esta gente.. são muita maus, mas dar a cara nada feitoLOL