BLOGGER TEMPLATES - TWITTER BACKGROUNDS »

20/07/07

Confissões...

Confesso-te, amor

Que sou mais do que aquilo que não sou

Que vivo a vida rastejando

Sem dar importância ao que passou.



Confesso-te a ti, amor

O segredo que cada pedra da calçada tem em si

E o chão que pisei, meu amor

Dá gargalhadas eternas porque me
parti.




Porque te confesso só a ti,amor meu

O que te escrevo nestas quadras,

Não sei eu a razão...

Pois só o tolo sofre de amor,

E deste está cheio meu coração!




( Sei que fugi ao tema do meu blog, mas quis apenas mostrar-vos um outro lado da minha vida...)

4 opinioes relvoltadas:

Ramoa disse...

Nobre sentimento o amor, quando o sentimos não o conseguimos explicar à luz da razão.

o cota disse...

a tinta anda a dar-te a volta ao miolo?...de facto tas msm tolinha s com a tua idade já sofres de amores assim tao profundamente...

Tita disse...

ai!! oh cunhado nao es paki xamado!! :p é poesia e nao sofro de amores pk simplesmente NAO ACREDITO NOS HOMENS!

BeHappy disse...

Ah ah!! Essa resposta foi genial!! :P

Realmente, é um poema muito bonito! Parabéns! E porque não escrever um livro com os teus poemas todos hein?! (Eu ficava com metade dos lucros!!) xD